Como combinar cores na decoração?

Uma ótima ferramenta para dar um toque diferente na sua casa: combinar cores diferentes.

combinar cores

A cor é uma das duas maneiras principais de criar beleza e fluxo coeso na decoração da sua casa. Combinar cores pode ter um impacto profundo no humor e nas emoções – é uma ferramenta de design transformadora poderosa.

Alguns acreditam que tons ardentes evocam raiva e paixão – já o azul, pode ter o poder de acalmá-lo após um dia estressante e o verde encoraja o descanso e o relaxamento.

O fato é que cada aspecto da decoração de interiores requer um conhecimento profundo das cores e qual a melhor maneira de colocá-las em um ambiente é praticando.

Como fazemos para combinar cores em nosso escritório?

As cores que usamos não devem ser escolhidas individualmente, de forma isolada, mas pensando em todo o ambiente. Elas devem se coordenar.

Por exemplo: o uso estratégico de um ponto colorido por ambiente. O restante, colocamos tons mais neutros, exatamente para que não fique cansativo e para que o nosso ponto de destaque seja um diferencial.

Cores fortes podem criar um aspecto muito divertido e estético em sua casa, mas você deve salvá-las para realces se quiser criar um espaço tranquilo e moderno.

Se você adora cores fortes, não se sinta limitado a usá-las em um vaso ou travesseiro, você pode adicionar uma parede, corredor ou até uma porta colorida num ambiente mais neutro. A arte colorida é o lugar perfeito para adicionar mais energia à sua paleta.

como combinar cores

De acordo com um estudo de Francis Galton, em 1878, o cérebro humano tem uma tendência de entender e encontrar beleza em “surpresas”. Ou seja, a combinação de tons mais neutros com uma cor mais forte causa um efeito surpresa que corresponde a estímulos bons em nosso cérebro diante daquela atmosfera.

Cores e padrões ousados são ótimos para usar, mas com moderação. A proporção da cor deve ser adequada à paleta e agradável à vista.

Tenha cuidado para não misturar demais os padrões, caso contrário, eles começarão a competir entre si. É importante criar um equilíbrio para que o olho não seja desafiado.

Outra dica para criar um ambiente com arriscando em uma cor forte é tentar não deixar tudo combinando. Se o corredor for colorido, não aposte em almofadas da mesma cor ou um quadro da mesma cor.

como combinar cores de móveis

 

Deixe o corredor brilhar e causar o brilho estético que vai surpreender nossos cérebros.

Mais dicas para combinar cores

Não há problema em mudar uma cor que você já teve por vários anos em sua casa ou uma cor da qual você nunca gostou. A cor do seu lar deve fazer você se sentir bem assim que entrar pela porta, caso contrário, você está passando todos os dias no ambiente errado.

As cores devem melhorar o seu humor, relaxar e fazer você amar o seu espaço

A seleção de cores para uma decoração bem feita é fácil quando você segue uma das regras de design de interiores.

como combinar cores de parede

Vamos abordar também talvez a regra de interior mais antiga, a Regra 60-30-10 – que divide um esquema para combinar cores em porcentagens de uso e pode ser outra alternativa de decoração.

60% cor principal

A cor principal deve representar 60% da cor usada no design do seu ambiente.

Isso normalmente inclui a cor da parede, a cor do piso e uma ou duas peças de mobiliário. Também pode incluir o tratamento da janela, como cortinas. Todas essas cores não precisam necessariamente ser sólidas, mas a cor principal deve sempre ser proeminente.

30% de cor secundária

A cor secundária representará 30% do esquema de cores de sua decoração. Com apenas metade da saturação de cor da cor principal, a cor secundária não compete pela atenção em seu design geral.

Em vez disso, deve contrastar com a cor principal. Por ser uma cor diferente, a cor secundária cria profundidade e interesse em sua decoração.

10% de cor de destaque

Por último, a próxima cor terá proporção de um terço da cor secundária e um sexto da cor principal.

Essa cor é designada como cor de destaque. Seu objetivo é dar maior interesse e contraste ao seu esquema de cores. Deve ser usado em toda a decoração para chamar a atenção para o design da sala.

Portanto, ao decorar um cômodo específico, divida as cores em porcentagens:

  • 60% de uma cor dominante
  • 30% de uma cor secundária
  • 10% de uma cor de destaque

Com as dicas anteriores, você pode saber por onde começar, já que uma mudança pode ser intimidante, especialmente se for sua primeira vez decorando.

Caso ainda possua dúvidas ou precisa de uma ajuda profissional, entre em contato com nosso escritório que teremos o prazer em transformar o seu ambiente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu